Subscribe Now

Trending News

Saiba onde ficar em Florianópolis na sua próxima viagem
Dicas

Saiba onde ficar em Florianópolis na sua próxima viagem

Está planejando as férias e tem dúvidas sobre onde ficar em Florianópolis? A cidade tem bairros bastante interessantes, mas a escolha dependerá muito do seu perfil e do estilo da viagem.

Definir uma boa região para a hospedagem é uma etapa essencial para aproveitar os atrativos da Ilha da Magia, que conta com pontos turísticos históricos, belas praias, trilhas, passeios de barco, boa gastronomia, entre outros diferenciais.

Para ajudar você com a organização da viagem, separamos abaixo algumas dicas sobre onde ficar em Florianópolis. Continue a leitura e saiba mais!

Regiões de Florianópolis

Antes de mais nada, é importante entender as principais características da cidade em relação à região para hospedagem. Assim, você conseguirá escolher qual área é mais indicada para o seu perfil.

  • Centro: zona urbana com facilidade de transporte e variedade de hotéis. Os destaques da área são a Avenida Beira-Mar Norte e os monumentos históricos, como o Mercado Público, a Catedral Metropolitana e a Ponte Hercílio Luz;
  • Norte da Ilha: onde estão algumas das praias mais urbanizadas, sendo indicado para quem busca belas paisagens e boa infraestrutura. Algumas das praias dessa região são: Jurerê, Canasvieiras, Daniela e Cachoeira do Bom Jesus;
  • Sul da Ilha: é caracterizado por praias mais rústicas, indicadas para quem gosta de tranquilidade. O principal ponto da região é a Ilha do Campeche, que tem natureza preservada, trilhas e sítio arqueológico;
  • Leste da Ilha: conta com boas praias, infraestrutura adequada e opções de práticas esportivas. Nessa parte da cidade, ficam localizadas a Lagoa da Conceição e a Barra da Lagoa, por exemplo.

Onde ficar em Florianópolis

Definir o bairro da hospedagem não é uma tarefa fácil, afinal, é comum surgirem dúvidas sobre infraestrutura, localização etc. Por isso, separamos abaixo os principais diferenciais de três áreas da cidade. Confira!

Centro

A zona central pode ser uma boa opção para ficar em Florianópolis durante uma viagem a trabalho, para participar de congressos ou ainda para quem pretende conhecer diversos pontos e não faz questão de se hospedar perto da praia, por exemplo.

Essa parte da cidade tem hotéis para todos os perfis e bolsos. Por ali, você ainda estará próximo a shoppings, restaurantes e principais vias de acesso para outras regiões.

 

Lagoa da Conceição

O bairro da Lagoa da Conceição tem um ar mais descontraído e é uma das soluções para férias com amigos e família. A área conta com hotéis e pousadas variadas, além de restaurantes, lojas, bares, entre outros estabelecimentos.

A Lagoa da Conceição é um ótimo local para curtir caminhadas, fazer passeios de stand up paddle e observar o entardecer. Outra vantagem é a proximidade com as praias Mole e Joaquina. Contudo, o trânsito pode ser intenso, especialmente em épocas de alta temporada. Portanto, se você deseja curtir as praias e se deslocar com tranquilidade, é preciso considerar esse fator.

Jurerê

Se você está em dúvida sobre onde ficar em Florianópolis, mas já definiu que quer um local próximo à praia, sem se preocupar em ter que pegar carro ou táxi, Jurerê é uma excelente alternativa! O bairro tem acomodações com conforto e requinte, que podem deixar o período de folga ainda mais agradável.

Uma das características da praia, que tem faixa de areia extensa e mar calmo, é a boa infraestrutura, com shopping, restaurantes, sorveterias, casas noturnas etc. Isso faz com que o bairro receba turistas de todos os perfis — famílias com crianças, jovens e idosos encontram lazer garantido.

Essas são as principais dicas sobre onde ficar em Florianópolis. A escolha deve ser feita com atenção, pois ela será um fator significativo para a experiência na cidade. Por isso, analise as particularidades de cada região para definir qual delas é a mais adequada ao estilo da sua viagem e ao perfil da sua família.

Gostou de saber mais sobre esses bairros de Florianópolis? Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário!

 


Posts relacionados

Deixe uma resposta

Campos obrigatórios *